Descanso

Eae Galera, todos bem?

Depois das doralices que andaram rolando no meu joelho ultimamente, resolvi ir no ortopedista.

Notícia boa: Por enquanto, nada de lesão constatada.

Notícia ruim: Vou ficar 30 dias off na corrida.

Fiquei desanimado por um ou dois dias, mas recebi apoio de pessoas próximas e agora é só ter paciência.

 

Meu planejamento está em algo do tipo:

1a semana até 25/05: Apenas natação

2a. semana até 01/06: Natação + Musculação leve

3a. semana até 08/06: Natação + Musculação leve + eliptico

4a. semana até 15/06: Natação + Musculação leve + eliptico

5a semana até 22/06: Natação + Musculação + Esteira + Corrida na grama plano

A partir da 6a semana, começarei a normalizar meus treinos, mas evitando as descidas pesadas e técnicas nos treinos. Estou planejando meus treinos de subida, buscando opções para voltar descendo sem forçar, por exemplo: correr na subida, e andar na descida.

Não é fácil ficar sem a corrida na minha rotina por todo este período, mas corpo é um só e vou escutar ele. Logo estarei de volta 🙂

Anúncios

Indomit Costa da Esmeralda Ultra Trail – 17/05/2014

Sábado 17/05/2014… Este vai ser um dia que não vai sair tão cedo da memória…
Foi neste dia que aconteceu a 1a Edição do Indomit Costa da Esmeralda Ultra Trail.
Rolaram as distâncias de 100K, 84K, 65K, 50K, 21K e 12K.
20140520-010953-4193968.jpg
Nossa equpi FC Trail foi muito bem representada nas distâncias:
100K: Thiago, Leonardo e Bruno
84K: Cesar, André e Luiz
50K: Fabiojapa, Adilson, Helen e Priscila
Foram alguns dias de muita ansiedade, com dificuldade para pegar no sono, e acordando antes do despertador rsrs
Chegamos em Porto Belo na noite anterior(16/05/2014) por volta das 21hs, em tempo de jantar com a galera. Destaque para o Cesar, que não estava muito bem, então comeu 3 pratos de macarrão hahahahahah
Tentei dormir as 23hs, mas a ansiedade pegou, e da pousada eu escutava o agito da largada do pessoal dos 100K. Então escutei a largada deles “5, 4, 3, 2, 1…aeeeeee”, e só depois disso consegui dormir.
Impressionante, deixei o despertador para acordar as 4:30, mas as 4:00 eu acordei com um sonho inesperado e não consegui dormir mais…rsrs
Café da manhã com a Helen e a Priscila, conhecemos o Gustavo de Porto Alegre e partimos caminhando até o ponto de saída do transporte… E o Gustavo estranhou que as meninas andavam muito rápido… ele não viu elas andando rápido no treino né…hahahahahah
Por lá encontramos o Adilson, e na entrada do ônibus encontramos mais amigos de Curitiba: Viviane, Marcos Paulo, Luiz Kaoru e embarcamos. No trajeto para a largada, vimos nosso amigo Geison Inacio correndo pela passarela sobre a BR, e descobrimos que ele liderava a prova dos 84K.
10292527_841557319204886_217228633734194400_n
Ali pela largada, conhecemos o Giliard, ele deu umas dicas sobre o percurso, e rolou uma emoção no Adilson rsrs
Chegou a hora… 5, 4, 3, 2, 1…vai!!!
No inicio, tentamos acompanhar o ritmo do Adilson, mas ele tinha tomado a poção do Asterix, e saiu correndo que nem um doidão. Então eu e a Helen seguimos no nosso ritmo confortável, até que começaram as subidas, e seguimos a estratégia de não forçar, e caminhar nas subidas. Seguimos nesse ritmo curtindo o visual, passando por praia, morro e mato… Mas acho que ali pelo km 13, nos separamos e cada um seguiu no seu ritmo… A Helen seguiu no ritmo para conquistar o podium e eu fiquei no meu ritmo torcendo por ela 🙂
Ali pelo Km 17, vi um doido caminhando na subida, aí diminuí o ritmo porque fiquei com medo dele… O cara tava muito louco, mas quando cheguei mais perto… ele me viu e começou a correr… Era o bombeiro humorista Thiago. Ele quis correr só pra eu não passar ele hahahaha. Alcancei ele e quis seguir no ritmo dele, mas ele não deixou e ordenou que eu seguisse no meu ritmo… E assim segui…
Logo na sequencia, encontrei a Ana, e corri alternando com ela alguns trechos. Em uma parte que ela ficou para trás nas descidas… Escutei um barulho lá atrás… Achei que fosse um bicho do mato fazendo barulho, mas depois descobri que era a Ana em um de seus espetaculares tombos. Mas nem tive tempo de dar risada, porque logo depois também caí em um buraco de erosão hehehehe. Por sorte sofri apenas alguns arranhões nos braços.
Aí nestas descidas, comecei a sentir as dores no joelho novamente. Cuidei bastante nas descidas, mas mesmo assim senti as dores. Foram uns 4Km correndo com dificuldade, mas quando chegamos em uma praia que tinha posto de hidratação, parei, alonguei, tomei bastante isotônico e água, sentei, e quando me senti bem, parti novamente. A partir daí resolvi seguir essa estratégia em todos os postos. Paradas sem pressa 🙂
1907322_842118339148784_4288648819380360390_n
Foi na parada do Km 29 (largada do pessoal dos 21K) que encontrei a Dani e a Rad, que estavam de apoio para nossa turma do FC Trail e foi muito legal receber essa injeção de ânimo delas. Muita palavras de icentivo, foram tão convincentes, que naquele momento eu acreditei que estava bem hahahahahhaa
Dali seguimos por muitos trechos de praia, e nos trechos de morro, rolaram parcerias com pessoal dos 100K e 84K. Esse pessoal dos 84 e 100 são meus heróis, um dia chego lá. A partir do Km 33, estava bastante difícil correr. Bastante mesmo, o corpo pedia para andar, eu via muita gente andando em trechos planos, mas trabalhei muito meu psicológico obrigando meu corpo a continuar correndo. Não foi nada fácil, me controlar pra nao pular no mar hahahahaha
Quando estava chegando no km 38(largada do pessoal dos 12K), eu estava um bagaço. Estava correndo no sacrificio, estava me sentindo fraco, e tentei aumentar um pouco o ritmo para passar bonito ali no meio da galera. Alcancei um pace incrível de 6’00”/km rsrs. Ali a emoção bateu. Passar por toda galera, todo mundo me aplaudindo, gritando “Vai lá Japa”… Locutor gritando no som “Vai Japa”… E eu no bagaço que estava… Tive que engolir o choro ali rsrs…
Parei para comer, me alongar… Encontrei um colega de Curitiba que ia fazer os 12K… Mais um incentivo fundamental… Aí o locutor veio e ficou me filmando com a minha gopro, e me entrevistou hahahahaha Eu estava só o pó, então foi papo bem idiota…. vai ficar pra mim esse vídeo 😛
Faltavam “apenas” 12K. Encaramos um ultimo morro, que naquela altura, me pareceu muito pesado. Subida bem íngreme, algumas pedras. Conheci dois caras de Brusque correndo os 84K, e a partir dali nos alternamos no morro. Até que chegamos no asfalto e começamos a corre juntos. Hora eles puxavam ritmo, hora eu puxava… Quando a câimbra pegava, eu parava para alongar, e eles também paravam para alongar hahahahaha
Seguimos assim até a parte final. Aí eles aceleraram, e eu não fiz questão de acelerar… Já estava doendo tudo, então daquele jeito estava bom. Chegando próximo, faltando uns 200m para a Chegada, o campeão dos 12K estava voltando, e me viu, aí deu a volta e começou a correr comigo nesta parte final… Foi bem legal… Me deu um ânimo, e consegui baixar o pace para incríveis 6’30”/Km… e Cruzar a linha de chegada com os gritos de “CorreJapa” dos amigos, e minha esposa Vanessa toda linda gritando “Vai amor” foi muito emocionante. Tem que estar lá para etender e sentir tudo o que rolou. Vamos pra lá em 2015 para entender e sentir? rsrs
50K em 7:02’46”
1907335_504969319629404_7287981687262101426_n 10352769_504969299629406_79747263858692351_n
Aí vi que o Diego e a Jessika estavam por lá tirando fotos da chegada… Poxa muito legal a participação deles… Fotos e incentivo fundamentais… Só passando por toda essa batalha para entender 🙂 Valeu TrailRunning.net.br
10359535_504969306296072_7765030730815746797_n
Esperamos a chegada de todos..
Helen(50K) chegou logo depois de mim.
Thiago bombeiro maluco(100K) chegou com a Priscila(50K) puxando ritmo…
Bruno(100K), Leo(100K) e André(84K) chegaram juntos…
Cesar(84K) chegou no sacríficio.
Seu Luiz(84K) chegou para alívio de todos 🙂
Adilson foi o primeiro da turma a chegar, por isso não vi a chegada dele. Essa poção do Asterix que ele toma é o segredo dele hehehehe
PS: Para minha surpresa, fiquei em 7. na categoria, de 27 participantes na faixa etária 30-39 anos. A categoria estava fraca este ano para eu ter conseguido tal feito… está explicado nas estatísticas hahahahaha
Hidratação no dia seguinte:
10302641_842119605815324_7190480177088119525_n
O que eu quero agora? Que 2015 chegue logo para eu encarar os 84K do Indomit!

 

Tribuna FM Santos/SP

Hoje foi dia de prova 🙂 quase um ano depois da última que participei lá em Santos também, da JovemPan Night Run em Junho ou julho.
Hoje estava um dia gostoso, sem muito sol a temperatura por volta de 22°C apesar de estar meio abafadinho que dava uma sensação mais quente.

20140518-114639 PM.jpg

A prova tem início no centro da cidade e termina os 2 últimos kms na orla. Tem trechos muito estreitos para uma prova com tantos corredores, que é muito difícil ultrapassar em vários momentos alguns mais lentos, mas hoje isso não foi um problema porque eu queria mesmo era curtir a corrida e celebrar minha saúde 🙂
Foi na prova do ano passado da Tribuna que passei mal do pulmão a primeira vez…que até descobrir que era tuberculose foi se arrastando até agosto.
Então hoje queria celebrar minha saúde sem stress e sem querer terminar em um tempo bom. Fiz nesse tempo:

20140518-115408 PM.jpg
A quilometragem não sei se marcou certo…a prova é de 10km e marcou uns 10.800…
Mas tudo bem tbm.
Legal que completei a prova com a sensação que aguentava mais uns 5km tranquilo! Muito bom o dia hoje!

20140519-122136 AM.jpg

20140519-122157 AM.jpg
Estão aí algumas fotos no começo da corrida com os meninos e no final pezinho na areia! Haha
Fico hoje por aqui com uma sensação de missão cumprida!

Correjapa…tribunafm

Treino Perdilhanos – Perdidos + Castelhanos 03/05/2014

Esse treino foi dificil desde o momento de levantar da cama. As 4:30 da madruga eu já estava acordado para me arrumar(comer, banheiro, etc) e chegar ao ponto de encontro as 6hs. Existe um bombeiro humorista(treinador Thiago) no grupo que está me apoiando na idéia de ir correr de sunga, mas não foi desta vez que iniciei o movimento #sungarunners hahahahaha
Tudo certo, e as 5:30 eu já saí de casa em direção ao ponto de encontro, e de lá partimos para o Morro dos Perdidos(Tijucas do Sul-PR) para iniciar nosso “Treininho”.
Para minha surpresa, muita gente compareceu ao treino, cerca de 18 pessoas. Como tem maluco nessa comunidade hein… Acordar de madrugada para ir subir um morro? É normal? hahahahaha… Isso está se tornando normal, e o nosso grupo está aumentando. A cada treino, a cada prova, vai surgindo um novo amigo de um amigo, e o grupo está crescendo.
Esse grupo virou equipe sem fins lucrativos: A FC Trail.
20140514-160352.jpg
Deixamos o carro no Osmarildo e o treino começou com a subida do Morro dos Perdidos. Imaginei que seria em ritmo leve, mas o pessoal forçou um pouco, e eu como sempre, fiquei pra trás… A desculpa é que eu queria me poupar para o treino completo que vinha pela frente ehehehhe
20140514-160334.jpg
Chegamos ao cume, com cerca de 5Km rodados em cerca de 50mins. Parada para fotos, e iniciamos a descida. Para minha tristeza, o joelho começou a doer na descida, fiquei para trás e desci andando/mancando nas partes técnicas das trilhas, e quando a descida aliviava, eu corria de leve. Passamos pela cachoeira, e eu já pensava em abortar o treino quando chegassemos no carro.
20140514-160503.jpg
Chegando no carro com cerca de 13Km percorridos, passei anti-inflamatório local, colei uma fita analgésica, passei pomada Fitotrauma(para equinos), fiz uns testes, e resolvi que dava para correr mais um pouco.
Como a galera do grupo é tudo maluca, fui bastante incentivado a continuar. Então parti para a segunda parte do Treino em direção a Colônia Castelhanos(Guaratuba-PR). Esta segunda parte do treino começamos em 8 pessoas.
Começamos correndo um trecho pela BR(cerca de 1,5Km) e então iniciamos a descida pela estrada de terra. No início da descida, dois parceiros de treino abortaram e voltaram por causa de dores, e outro retornou, pois já tinha atingido sua meta de Km rodados. Eu como tinha planejado fazer um treino psicológico para correr com dores, resolvi continuar.
Percebi que estava mancando, então me concentrei ao máximo no movimento, para que não percebessem que estava mancando. Achava que tinha aprendido o esquema para correr sem mancar, mas de repente um amigo veio em mim e falou: “Sua perna ta doendo né…. Tá feia a coisa aí hein.. Mancando pra kawaka hahahahaha”.
Neste trecho, eu estava correndo com um casal André e Helen, e o papo entre eles começou a fluir para coisas do tipo: “Olha que flor bonita”, “Quer que eu pegue aquela flor para voce?”, “Que treino romântico(Romantilhanos)”… Me senti contrangido segurando vela… E tive que acelerar um pouco o ritmo para deixar os dois a vontade hahahaha
O bicho pegava era nas descidas. No plano e nas subidas, incomodava só um pouco. Fizemos nossas paradas nas bicas para encher de água nossos reservatórios. Paramos na igrejinha e no riozinho para dar uma relaxada e curtir o visual. Estas paradas são meus momentos favoritos nestes treinos hahahahah.
20140514-160429.jpg
Quando começamos a subida da volta para nosso ponto de base(Osmarildo), já tinhamos uns 31Km acumulado, e na subida eu não iria mancar :). Subida sofrida, passamos por um ponto de queimada, que deu uma quebrada no ritmo e fôlego, mas pelo menos o joelho não estava incomodando. Tivemos sorte, pois neste trecho que seria o pior, o clima colaborou(ar fresco). Foi aí que nosso parceiro de Treino Adilson começou a se destacar. Com seus olhos de águia ele conseguia localizar uns Jacus nas árvores. Ele todo animado nos mostrava e a gente fingia que via hahahahha. Quando eu finalmente vi, perguntei: “Jacu não é macaco?”… é uma ave… hahahahahaa. Com seu olho de tandera, ele salvou a vida de nosso amigo bombeiro humorista, avisando ele para que não pisasse em uma cobra imensa e gigante. Houve um abraço emocionado ente os dois 🙂 Depois disso o Adilson saiu em disparada na subida em uma velocidade incrível. Ninguém conseguiu acompanhá-lo, e ficou a dúvida no ar: “O que ele está tomando? Será que ele usa dorgas?”
As pernas estavam cansadas, mas o mais dificil foi aguentar as piadas do bombeiro humorista. No começo a gente achava um pouco engraçado, mas conforme o cansaço aumentava a gente tentava rir por educação. Chegou um momento que estavamos tão cansados, estilo zumbis, que o bombeiro soltava as piadas, e ninguém conseguia rir hahahahhaha. Por isso digo que esse treino foi muito psicológico hahahahah.
Final do treino, 5 pessoas fechando os 49Km em pouco mais de 8hs, com desnível positivo(D+) de 2000m. Está entre os treinos mais dificeis que já fiz, e o legal é que o psicológico trabalhou bem. Agradeço a ajuda de todos da equipe, em especial ao meu amigo bombeiro humorista treinador Thiago.
20140514-160451.jpg
Isso aí galera. Estou pronto para os 50K do Indomit desde sábado 17/05/2014.
Aguardando ansiosamente!

Mudança – parte II

Hoje vim falar de uma nova mudança, um novo treino, agora com uma meta de participar de uma corrida de montanha com o fabiojapa! Ele, como vcs viramno blog já está no vício da montanha. Eu não conheço, não gosto de subidas e nem de insetos (deve ter no meio da natureza né?).
Então quando o Fabiojapa me propôs treinar pra correr uma com ele, achei um grande desafio e topei 😉
Não sei se ainda esse ano consigo, pois como falei, nunca gostei de subidas e sempre as evitei. Mas vai ser legal vencer essa!!!!

Hoje no meu primeiro dia de treino, na academia mesmo, fiz 15min no aparelho que simula escada

20140514-010121 AM.jpg
e mais 40min na esteira inclinada no nivel10…a maior parte andando rápido só e entre as caminhadas 4 corridinhas de 3min….e quase morrendo! :\ mas é assim que começa, melhor não forçar pelo menos no 1° dia né!!!

Projeto correcamilajapa na montanha!

20140514-010240 AM.jpg

#emreforma Run2B…..Run2C…Run2Co…Run2Corr…Run2Corre…RunCorreja…RunCorrejap…Correjapa!!!!!!

E aí amigos do Run2B!
Hoje estamos aqui pra informar uma pequena mudança, apenas uma reforminha só no NOME do blog. Coisa básica! Mudança no nome do blog, o que acham?
Disse a numerologia que o Run2B andava meio parado…hahaha
Como um site de corredores podia continuar tão parado?
Então Correjapa!

O que acharam do novo nome? 👍 ou 👎