2015

Feliz ano novo galera!

Ano novo, vida nova, novas promessas, novas metas.

image

2015 já garantiu desafios de gente grande para mim. Abaixo irei descrever os desafios na ordem em que as inscrições foram confirmadas:

– O primeiro confirmado será em terras Argentinas: Patagoniarun 120Km com largada as 21hs de 10/04/2015(sexta). Este será o desafio mais cabuloso em toda minha curta experiência de corredor. Fiz essa loucura de me inscrever nos 120Km, e sei que vai ser dificil demais. Só de pensar que depois de correr 78Km, ainda vai faltar uma maratona (42Km) para terminar a prova… Que loucura eu fiz hahaha

– Depois dessa inscrição, acabei decidindo me inscrever no Sesc Triathlon Caiobá, que acontecerá dia 08/03/2015. Será meu primeiro triathlon, e escolhi este porque só ouvi falar bem da organização e da prova. Irei participar na distância short, com 750m para a natação, 20km para o ciclismo e 5km para corrida, distâncias que correspondem à metade das oficiais do Triathlon Olímpico.

– E pensando na preparação para a Patagoniarun, resolvi me inscrever na TRC Corupá Extreme Marathon 42k 07/02/2015, para participar levando em ritmo de treino.

Estes são os desafios confirmados até o momento, mas posso afirmar que para o segundo semestre desejo participar do Desafio Praias e Trilhas em Florianópolis. Esta prova é realizada com 42Km no sábado + 42Km no domingo, totalizando 84Km em um belo fim de semana na ilha da magia.

Para aguentar o tranco, estou fazendo uma base forte, me dedicando bastante a musculação, e respeitando bastante meu planejamento de treinos. O tempo é curto até a Patagoniarun, então não vou conseguir fazer treinos específicos para o triathlon, mas irei encaixar natação nos dias de descanso, e o pedal faz parte dos treinos 🙂

Concluindo agora em ordem cronológica:

07/02/2015 – Corupá Extreme Marathon 42Km
08/03/2015 – Sesc Triathlon Caiobá – Short
10/04/2015 – Patagonia Run 120Km

Estou ficando louco depois que entrei nessas corridas de montanha e experimentei o gostinho das ultramaratonas, mas eu gostei, e gosto não se discute rsrs

Cada um tem seu desafio, seja completar seus primeiros 5Km, 10Km, 21Km, 42Km, e eu respeito muito tudo isso. Respeito muito também quem vai começar a correr, pois este talvez seja o mais difícil: deixar a preguiça de lado e botar o corpo pra mexer…
image

E vcs, já tem seus próximos desafios?

Anúncios

Treino Perdilhanos – Perdidos + Castelhanos 03/05/2014

Esse treino foi dificil desde o momento de levantar da cama. As 4:30 da madruga eu já estava acordado para me arrumar(comer, banheiro, etc) e chegar ao ponto de encontro as 6hs. Existe um bombeiro humorista(treinador Thiago) no grupo que está me apoiando na idéia de ir correr de sunga, mas não foi desta vez que iniciei o movimento #sungarunners hahahahaha
Tudo certo, e as 5:30 eu já saí de casa em direção ao ponto de encontro, e de lá partimos para o Morro dos Perdidos(Tijucas do Sul-PR) para iniciar nosso “Treininho”.
Para minha surpresa, muita gente compareceu ao treino, cerca de 18 pessoas. Como tem maluco nessa comunidade hein… Acordar de madrugada para ir subir um morro? É normal? hahahahaha… Isso está se tornando normal, e o nosso grupo está aumentando. A cada treino, a cada prova, vai surgindo um novo amigo de um amigo, e o grupo está crescendo.
Esse grupo virou equipe sem fins lucrativos: A FC Trail.
20140514-160352.jpg
Deixamos o carro no Osmarildo e o treino começou com a subida do Morro dos Perdidos. Imaginei que seria em ritmo leve, mas o pessoal forçou um pouco, e eu como sempre, fiquei pra trás… A desculpa é que eu queria me poupar para o treino completo que vinha pela frente ehehehhe
20140514-160334.jpg
Chegamos ao cume, com cerca de 5Km rodados em cerca de 50mins. Parada para fotos, e iniciamos a descida. Para minha tristeza, o joelho começou a doer na descida, fiquei para trás e desci andando/mancando nas partes técnicas das trilhas, e quando a descida aliviava, eu corria de leve. Passamos pela cachoeira, e eu já pensava em abortar o treino quando chegassemos no carro.
20140514-160503.jpg
Chegando no carro com cerca de 13Km percorridos, passei anti-inflamatório local, colei uma fita analgésica, passei pomada Fitotrauma(para equinos), fiz uns testes, e resolvi que dava para correr mais um pouco.
Como a galera do grupo é tudo maluca, fui bastante incentivado a continuar. Então parti para a segunda parte do Treino em direção a Colônia Castelhanos(Guaratuba-PR). Esta segunda parte do treino começamos em 8 pessoas.
Começamos correndo um trecho pela BR(cerca de 1,5Km) e então iniciamos a descida pela estrada de terra. No início da descida, dois parceiros de treino abortaram e voltaram por causa de dores, e outro retornou, pois já tinha atingido sua meta de Km rodados. Eu como tinha planejado fazer um treino psicológico para correr com dores, resolvi continuar.
Percebi que estava mancando, então me concentrei ao máximo no movimento, para que não percebessem que estava mancando. Achava que tinha aprendido o esquema para correr sem mancar, mas de repente um amigo veio em mim e falou: “Sua perna ta doendo né…. Tá feia a coisa aí hein.. Mancando pra kawaka hahahahaha”.
Neste trecho, eu estava correndo com um casal André e Helen, e o papo entre eles começou a fluir para coisas do tipo: “Olha que flor bonita”, “Quer que eu pegue aquela flor para voce?”, “Que treino romântico(Romantilhanos)”… Me senti contrangido segurando vela… E tive que acelerar um pouco o ritmo para deixar os dois a vontade hahahaha
O bicho pegava era nas descidas. No plano e nas subidas, incomodava só um pouco. Fizemos nossas paradas nas bicas para encher de água nossos reservatórios. Paramos na igrejinha e no riozinho para dar uma relaxada e curtir o visual. Estas paradas são meus momentos favoritos nestes treinos hahahahah.
20140514-160429.jpg
Quando começamos a subida da volta para nosso ponto de base(Osmarildo), já tinhamos uns 31Km acumulado, e na subida eu não iria mancar :). Subida sofrida, passamos por um ponto de queimada, que deu uma quebrada no ritmo e fôlego, mas pelo menos o joelho não estava incomodando. Tivemos sorte, pois neste trecho que seria o pior, o clima colaborou(ar fresco). Foi aí que nosso parceiro de Treino Adilson começou a se destacar. Com seus olhos de águia ele conseguia localizar uns Jacus nas árvores. Ele todo animado nos mostrava e a gente fingia que via hahahahha. Quando eu finalmente vi, perguntei: “Jacu não é macaco?”… é uma ave… hahahahahaa. Com seu olho de tandera, ele salvou a vida de nosso amigo bombeiro humorista, avisando ele para que não pisasse em uma cobra imensa e gigante. Houve um abraço emocionado ente os dois 🙂 Depois disso o Adilson saiu em disparada na subida em uma velocidade incrível. Ninguém conseguiu acompanhá-lo, e ficou a dúvida no ar: “O que ele está tomando? Será que ele usa dorgas?”
As pernas estavam cansadas, mas o mais dificil foi aguentar as piadas do bombeiro humorista. No começo a gente achava um pouco engraçado, mas conforme o cansaço aumentava a gente tentava rir por educação. Chegou um momento que estavamos tão cansados, estilo zumbis, que o bombeiro soltava as piadas, e ninguém conseguia rir hahahahhaha. Por isso digo que esse treino foi muito psicológico hahahahah.
Final do treino, 5 pessoas fechando os 49Km em pouco mais de 8hs, com desnível positivo(D+) de 2000m. Está entre os treinos mais dificeis que já fiz, e o legal é que o psicológico trabalhou bem. Agradeço a ajuda de todos da equipe, em especial ao meu amigo bombeiro humorista treinador Thiago.
20140514-160451.jpg
Isso aí galera. Estou pronto para os 50K do Indomit desde sábado 17/05/2014.
Aguardando ansiosamente!

Mudança – parte II

Hoje vim falar de uma nova mudança, um novo treino, agora com uma meta de participar de uma corrida de montanha com o fabiojapa! Ele, como vcs viramno blog já está no vício da montanha. Eu não conheço, não gosto de subidas e nem de insetos (deve ter no meio da natureza né?).
Então quando o Fabiojapa me propôs treinar pra correr uma com ele, achei um grande desafio e topei 😉
Não sei se ainda esse ano consigo, pois como falei, nunca gostei de subidas e sempre as evitei. Mas vai ser legal vencer essa!!!!

Hoje no meu primeiro dia de treino, na academia mesmo, fiz 15min no aparelho que simula escada

20140514-010121 AM.jpg
e mais 40min na esteira inclinada no nivel10…a maior parte andando rápido só e entre as caminhadas 4 corridinhas de 3min….e quase morrendo! :\ mas é assim que começa, melhor não forçar pelo menos no 1° dia né!!!

Projeto correcamilajapa na montanha!

20140514-010240 AM.jpg

Treino Longo – Caminho do Trentino

Pessoal, eu consegui!

Consegui completar minha primeira maratona neste treino de preparação para o Indomit Costa da Esmeralda.

Eu estou em evolução apressada no meu volume de longos devido a proximidade e pouco tempo de preparação específica para o Indomit. Após a Araçatuba Half Marathon(06/04), que iniciamos a preparação específica.

Concentramos nossos longos para os sábados no percurso do Caminho do Trentino no munícipio de Piraquara-PR:

12/04 – 19K – http://connect.garmin.com/activity/479603260

19/04 – 30K – http://connect.garmin.com/activity/482817961

26/04 – 42,36K – http://connect.garmin.com/activity/487785866

Desde o início do treino, eu já sabia que seria difícil, assim demos início ao treino no circuito de 14K.

Terminei a primeira volta tranquilo, sem dores.

10154256_674378259295645_2912611767674178793_n

No final da segunda volta, eu já sentia o peso das pernas e algumas dores de esforço prolongado. Pra ser sincero… já estava doendo pra kawaka hahahaha

1558476_864385430254932_2625442486631994172_n

Mas desde o início eu sabia que seria difícil e queria trabalhar o psicológico para lidar com essas dores, então iniciamos a terceira volta. Nesta terceira volta, corri do km 28 ao 31 tranquilo, sem sentira tanto as dores, mas aí elas começaram a incomodar novamente. Para piorar, as panturrilhas começaram queimar, parecendo ser um princípio de câimbras. A partir daí que começou a batalha psicológica. O corpo pedindo para eu parar, e eu tentando manter firme. Na verdade, o que me salvou, foram meus amigos, que me incentivaram e me acompanharam por toda a ultima volta não deixando eu desanimar.

42

Semana que vem, vai ter treino pior. Vai ser Castelhanos + Perdidos: 45Km com mais de 2000m de elevação positiva. Vai ser mais um treino psicológico de preparação para o Indomit. Até lá!

 

Run2B…Indomit!

1a Trail Night Run – Castelhanos 09/03/2014

Esse foi o nossa primeiro treino noturno em 09/03/2014, com organização do nosso grupo de corrida de montanha do facebook/whatsapp.

Como alguns do grupo irão participar nas distâncias de 84 e 100km da Indomit Costa da Esmeralda, resolveram se preparar para correr na escuridão, pois suas largadas serão na madrugada do dia 17/5/2014. Eu como sou iniciante, vou largar as 8hs com a galera do 50k.

O treino foi duro, mas a sensação de correr a noite é bem diferente. Nossos treinos por ali geralmente são de dia, e o trecho da subidona de cerca de 9K judia demais.

No treino noturno foi diferente. Acho que fizemos a subida no melhor tempo rsrs. Acho que o fato de não enxergarmos a subida pela frente ajudou psicologicamente.

 

 

Nunca subimos tão rápido. Rolou a brincadeira de que se a onça pintasse, o importante era não ser o mais lento da turma hahahaha

Confiram o que o garmin registrou:
http://connect.garmin.com/activity/458287789

Run2B… Fast

Recomeço

Olá pessoal do Run2B!!!!
Quanto tempo não apareço por aqui, mas queria diZer que desde novembro, dezembro…voltei aos treinos de corrida!
Aos poucos no começo….correndo na velocidade 8 km/h, aumentando aos poucos, e hoje conseguindo fazer meu melhor tempo nos 10km:

20140318-104441 PM.jpg

Estou fazendo meus treinos praticamente só na esteira da academia, e intercalo alguns dias entre descanso e musculaçao.
Como estou programando com meu irmão, o fabiojapa, correr a Golden4 Asics acho que no final de julho, começo de agosto, resolvi começar a treinar uma vez por semana um longão.
Segunda comecei com 16km….na esteira tbm. Apesar de ser meio entediante, passou rápido 01:40 mais ou menos. A esteira da academia desliga a cada 60 minutos, então tive que dividir o treino…ponto negativo pq não gosto de ter que parar no meio dá uma fadiga :\ e até ligar de novo, lá se vão uns 30 segundos!

20140318-105155 PM.jpg

No 15º km começou a dar uma cãimbra na coxa direita, mas tinha planejado os 16, então segui e foi tudo bem.
O resto do dia senti uma dor gostosa nas pernas de cansaço, hoje acordei quase bem, mas resolvi descansar.
Porque amanhã é dia de treino de tiro. Treino de tiro passa rapidào o tempo. Apesar de ficar morta e suada que nem um leitão no forno😅🐷

Espero que a cada post novo possa contar uma superação! É muito bom voltar a ativa!!!

Um grande abraço a todos!

Run2B… Run

Treino Morro da Palha – Campo Magro-PR

Hoje foi dia de treino, ou melhor, hoje foi dia de morro rsrs

Fui à convite de um colega do Grupo de Corrida de Montanha Curitiba do Facebook, para conhecer esse caminho e valeu à pena.

Às 4:50 da madruga eu já estava acordando e arrumei tudo para a corrida. Busquei meu colega as 6hs próximo à casa dele e rumamos para Campo Magro. Chegando em Campo Magro, entramos pela estrada de terra do turismo rural e seguimos por ali até perto da base do Morro da Palha.

Deixamos o carro dentro do Restaurante Casarão. Eles estavam arrumando o restaurante e viram que eu estava estacionando o carro na rua, e ofereceram o estacionamento deles para eu deixar meu carro. Achei muito legal da parte deles, porque ainda era 7hs da manhã e abriram o estacionamento por nossa causa rsrs. Desse modo, fica a indicação: http://ocasaraocampomagro.com.br/

Por ali fizemos um alongamento e partimos para o Morro da Palha em ritmo de aquecimento. O aquecimento foi pela estrada de terra que levava até o morro, e foi um sobe e desce danado já nessa estrada.

Aì começamos a subida do Morro da Palha, e fui na boa, acompanhando o ritmo do meu colega. Eu estava preocupado, se conseguiria, mas consegui acompanhar sem atrapalhar o treino dele 🙂

Subida é aquele esquema: Corre quando dá, Anda quando precisa, e assim por diante. Não há vergonha em andar neste tipo de terreno, ainda bem né rsrs. A subida foi por uma estrada de terra que só alguns carros 4×4 se arriscam. Deu pra perceber que para os carros é difícil, então imagine a dificuldade a pé… Mas até que foi na boa, alternando corrida e caminhada, quando percebi, já estavamos no cume do morro. O GPS marcou 5.5Km em 39’30”, e o legal foi perceber que cheguei lá em cima com uma sobra boa.

Ficamos ali em cima um pouco conversando e logo partimos para a descida, e fomos em ritmo moderado cuidando com as pedras soltas e poupando as pernas para a próxima prova que iremos fazer dia 01/12, mas depois falo sobre ela em outro post.

Chegando na base, nos enfiamos em uma trilha single-track, alongando um pouco nosso treino por um trecho mais técnico de sobe e desce. É muito bom para treinar os reflexos e se adaptar a este tipo de terreno.

Chegando de volta ao restaurante, o GPS marcou 13.4Km em 1:45′, e para relaxar os músculos partimos para um banho na cachoeira da professorinha, que fica à uns 200m do restaurante. A água estava um gelo e teve um efeito anti-inflamatório nos músculos rsrs. Se tivessemos mais tempo, teríamos partido para um segundo trecho de corrida rsrs, mas fica para a próxima.

É isso aí galera, o foco de 2014 é a montanha, mas já estou aí na batalha. Depois tenho que contar a prova que tenho em mente, e vai ser loucura da minha parte rsrs