Tribuna FM Santos/SP

Hoje foi dia de prova 🙂 quase um ano depois da última que participei lá em Santos também, da JovemPan Night Run em Junho ou julho.
Hoje estava um dia gostoso, sem muito sol a temperatura por volta de 22°C apesar de estar meio abafadinho que dava uma sensação mais quente.

20140518-114639 PM.jpg

A prova tem início no centro da cidade e termina os 2 últimos kms na orla. Tem trechos muito estreitos para uma prova com tantos corredores, que é muito difícil ultrapassar em vários momentos alguns mais lentos, mas hoje isso não foi um problema porque eu queria mesmo era curtir a corrida e celebrar minha saúde 🙂
Foi na prova do ano passado da Tribuna que passei mal do pulmão a primeira vez…que até descobrir que era tuberculose foi se arrastando até agosto.
Então hoje queria celebrar minha saúde sem stress e sem querer terminar em um tempo bom. Fiz nesse tempo:

20140518-115408 PM.jpg
A quilometragem não sei se marcou certo…a prova é de 10km e marcou uns 10.800…
Mas tudo bem tbm.
Legal que completei a prova com a sensação que aguentava mais uns 5km tranquilo! Muito bom o dia hoje!

20140519-122136 AM.jpg

20140519-122157 AM.jpg
Estão aí algumas fotos no começo da corrida com os meninos e no final pezinho na areia! Haha
Fico hoje por aqui com uma sensação de missão cumprida!

Correjapa…tribunafm

Anúncios

Treino Perdilhanos – Perdidos + Castelhanos 03/05/2014

Esse treino foi dificil desde o momento de levantar da cama. As 4:30 da madruga eu já estava acordado para me arrumar(comer, banheiro, etc) e chegar ao ponto de encontro as 6hs. Existe um bombeiro humorista(treinador Thiago) no grupo que está me apoiando na idéia de ir correr de sunga, mas não foi desta vez que iniciei o movimento #sungarunners hahahahaha
Tudo certo, e as 5:30 eu já saí de casa em direção ao ponto de encontro, e de lá partimos para o Morro dos Perdidos(Tijucas do Sul-PR) para iniciar nosso “Treininho”.
Para minha surpresa, muita gente compareceu ao treino, cerca de 18 pessoas. Como tem maluco nessa comunidade hein… Acordar de madrugada para ir subir um morro? É normal? hahahahaha… Isso está se tornando normal, e o nosso grupo está aumentando. A cada treino, a cada prova, vai surgindo um novo amigo de um amigo, e o grupo está crescendo.
Esse grupo virou equipe sem fins lucrativos: A FC Trail.
20140514-160352.jpg
Deixamos o carro no Osmarildo e o treino começou com a subida do Morro dos Perdidos. Imaginei que seria em ritmo leve, mas o pessoal forçou um pouco, e eu como sempre, fiquei pra trás… A desculpa é que eu queria me poupar para o treino completo que vinha pela frente ehehehhe
20140514-160334.jpg
Chegamos ao cume, com cerca de 5Km rodados em cerca de 50mins. Parada para fotos, e iniciamos a descida. Para minha tristeza, o joelho começou a doer na descida, fiquei para trás e desci andando/mancando nas partes técnicas das trilhas, e quando a descida aliviava, eu corria de leve. Passamos pela cachoeira, e eu já pensava em abortar o treino quando chegassemos no carro.
20140514-160503.jpg
Chegando no carro com cerca de 13Km percorridos, passei anti-inflamatório local, colei uma fita analgésica, passei pomada Fitotrauma(para equinos), fiz uns testes, e resolvi que dava para correr mais um pouco.
Como a galera do grupo é tudo maluca, fui bastante incentivado a continuar. Então parti para a segunda parte do Treino em direção a Colônia Castelhanos(Guaratuba-PR). Esta segunda parte do treino começamos em 8 pessoas.
Começamos correndo um trecho pela BR(cerca de 1,5Km) e então iniciamos a descida pela estrada de terra. No início da descida, dois parceiros de treino abortaram e voltaram por causa de dores, e outro retornou, pois já tinha atingido sua meta de Km rodados. Eu como tinha planejado fazer um treino psicológico para correr com dores, resolvi continuar.
Percebi que estava mancando, então me concentrei ao máximo no movimento, para que não percebessem que estava mancando. Achava que tinha aprendido o esquema para correr sem mancar, mas de repente um amigo veio em mim e falou: “Sua perna ta doendo né…. Tá feia a coisa aí hein.. Mancando pra kawaka hahahahaha”.
Neste trecho, eu estava correndo com um casal André e Helen, e o papo entre eles começou a fluir para coisas do tipo: “Olha que flor bonita”, “Quer que eu pegue aquela flor para voce?”, “Que treino romântico(Romantilhanos)”… Me senti contrangido segurando vela… E tive que acelerar um pouco o ritmo para deixar os dois a vontade hahahaha
O bicho pegava era nas descidas. No plano e nas subidas, incomodava só um pouco. Fizemos nossas paradas nas bicas para encher de água nossos reservatórios. Paramos na igrejinha e no riozinho para dar uma relaxada e curtir o visual. Estas paradas são meus momentos favoritos nestes treinos hahahahah.
20140514-160429.jpg
Quando começamos a subida da volta para nosso ponto de base(Osmarildo), já tinhamos uns 31Km acumulado, e na subida eu não iria mancar :). Subida sofrida, passamos por um ponto de queimada, que deu uma quebrada no ritmo e fôlego, mas pelo menos o joelho não estava incomodando. Tivemos sorte, pois neste trecho que seria o pior, o clima colaborou(ar fresco). Foi aí que nosso parceiro de Treino Adilson começou a se destacar. Com seus olhos de águia ele conseguia localizar uns Jacus nas árvores. Ele todo animado nos mostrava e a gente fingia que via hahahahha. Quando eu finalmente vi, perguntei: “Jacu não é macaco?”… é uma ave… hahahahahaa. Com seu olho de tandera, ele salvou a vida de nosso amigo bombeiro humorista, avisando ele para que não pisasse em uma cobra imensa e gigante. Houve um abraço emocionado ente os dois 🙂 Depois disso o Adilson saiu em disparada na subida em uma velocidade incrível. Ninguém conseguiu acompanhá-lo, e ficou a dúvida no ar: “O que ele está tomando? Será que ele usa dorgas?”
As pernas estavam cansadas, mas o mais dificil foi aguentar as piadas do bombeiro humorista. No começo a gente achava um pouco engraçado, mas conforme o cansaço aumentava a gente tentava rir por educação. Chegou um momento que estavamos tão cansados, estilo zumbis, que o bombeiro soltava as piadas, e ninguém conseguia rir hahahahhaha. Por isso digo que esse treino foi muito psicológico hahahahah.
Final do treino, 5 pessoas fechando os 49Km em pouco mais de 8hs, com desnível positivo(D+) de 2000m. Está entre os treinos mais dificeis que já fiz, e o legal é que o psicológico trabalhou bem. Agradeço a ajuda de todos da equipe, em especial ao meu amigo bombeiro humorista treinador Thiago.
20140514-160451.jpg
Isso aí galera. Estou pronto para os 50K do Indomit desde sábado 17/05/2014.
Aguardando ansiosamente!

Mudança – parte II

Hoje vim falar de uma nova mudança, um novo treino, agora com uma meta de participar de uma corrida de montanha com o fabiojapa! Ele, como vcs viramno blog já está no vício da montanha. Eu não conheço, não gosto de subidas e nem de insetos (deve ter no meio da natureza né?).
Então quando o Fabiojapa me propôs treinar pra correr uma com ele, achei um grande desafio e topei 😉
Não sei se ainda esse ano consigo, pois como falei, nunca gostei de subidas e sempre as evitei. Mas vai ser legal vencer essa!!!!

Hoje no meu primeiro dia de treino, na academia mesmo, fiz 15min no aparelho que simula escada

20140514-010121 AM.jpg
e mais 40min na esteira inclinada no nivel10…a maior parte andando rápido só e entre as caminhadas 4 corridinhas de 3min….e quase morrendo! :\ mas é assim que começa, melhor não forçar pelo menos no 1° dia né!!!

Projeto correcamilajapa na montanha!

20140514-010240 AM.jpg

#emreforma Run2B…..Run2C…Run2Co…Run2Corr…Run2Corre…RunCorreja…RunCorrejap…Correjapa!!!!!!

E aí amigos do Run2B!
Hoje estamos aqui pra informar uma pequena mudança, apenas uma reforminha só no NOME do blog. Coisa básica! Mudança no nome do blog, o que acham?
Disse a numerologia que o Run2B andava meio parado…hahaha
Como um site de corredores podia continuar tão parado?
Então Correjapa!

O que acharam do novo nome? 👍 ou 👎

FC Trail – 2a. Etapa Naventura Trail Race – Ponta Grossa 10/05/2014

Neste sábado (10/05/2014) rolou em Ponta Grossa-PR a  2a. Etapa Naventura Trail Race.

Esqueci minha câmera, então os vídeos e fotos foram feitos com o celular.

Estive por lá para ver os amigos que foram correr, e para prestigiar a estréia da tenda da equipe FC Trail.

 

The North Face Running Club – Curitiba

O The North Face Running Club está chegando em Curitiba, e isso significa que a cidade está mostrando sua importância no cenário brasileiro de Trail Running.

 

 

O sucesso do Trail Running paranaense está nas duas principais organizadoras de provas do gênero:

Naventura: Desde 2006 – Precursora do movimento de corrida em montanhas no estado do PR, e que organiza provas de todos os níveis de dificuldades.

TRC Brasil: Desde 2012 – Organizadora de corridas de montanha em cidades do PR e SC. Tem se destacado pelo elevado nivel de dificuldade em suas provas, buscando oferecer uma verdadeira experiência em trail running.

Também quero destacar a importância do trabalho do George Volpão em seu portal: Trail Running Brasil. Ele dedica sua vida a sua paixão pelas montanhas e tem se dado bem nessa história.

Um fator que foi muito importante na minha experiência nas montanhas, foi ter encontrado o grupo do facebook:

Grupo Corrida de Montanha: Foi ali que fiz amizades, e me inseri em um grupo que vai todo fim de semana fazer um treino de montanha.

A data do primeiro treino(10/05) foi infeliz porque neste mesmo dia estará acontecendo a 2a etapa do circuito da Naventura. Se fosse outro dia, acredito que a participação da galera trail seria maior.

 

PS: Vou esperar para ver como vai ser o formato desta assessoria de corrida para voltar a falar, mas acredito que ela vai começar a atrair cada vez mais o público do asfalto para as montanhas.

 

Abssss

 

Vaidade feminina x esporte: acessórios esportivos a favor da vaidade feminina e onde encontrar produtos bacanas

As mulheres e a vaidade. Quem disse que para ser uma esportista profissional ou uma praticante de final de semana é preciso se desligar do

Meninas do clube Sopa de Pedra

Meninas do clube Sopa de Pedra

visual e virar uma gata borralheira? Elas escalam, correm e pedalam junto com os homens, em família, em grupos só de mulheres, fazem esforço e se arriscam no esporte, mas não abrem mão da vaidade.

Por baixo do capacete sempre pode haver um lenço charmoso e chamativo de grife, nos pés um tênis com tendência, nas unhas o esmalte da moda, e na boca um batom vermelho.

Quem gosta de bike sabe quanto de esforço é preciso para os desafios do ciclismo, mas garante que a vaidade pode sim estar presente. Aline Stochi é ciclista e participa do grupo Sopa de Pedra. É vaidosa assumida e, junto com as amigas de pedalada, procura sempre roupas e acessórios legais para vestir, e incrementar a sua bike. “As meninas gostam de seu cuidar, usar lenço, batom, a única coisa ruim são brincos, que atrapalham e enroscam“, diz ela.

No mercado já existem muitos acessórios esportivos para vender com tecnologia e um ‘tcham’ a mais. Elas buscam o Fashion, mas não abrem mão da qualidade, sempre dentro das normas de segurança.

Elas também gostam de facilidade e garantem que tudo pode ser comprado via internet. “Na net tem muito mais opção, muita coisa descolada e o preço pode ser bem mais em conta. Promoção é o que não falta”, diz Aline.

Então, o que as mulheres podem usar segundo a nossa ciclista:

– Roupa Fashion: as que valorizam as curvas. Existem modelos exclusivos pro corpo feminino: bermudas e camisetas. Pra fugir do total preto, cores alegres e rosa. Luvas e proteção para os braços também tem variações coloridas e estampas fashion à venda no mercado;

Capacete: colorido, com temas florais, com bolinhas. São um charme e destacam as mulheres no grupo;

– Batom com filtro solar e unhas pintadas, sempre.

– Cabelo: um lenço bacana, estampado. Para as meninas de cabelos longos a dica é sempre uma trança, para o cabelo não cair no rosto.

– Na bike: Um modelo de bike que seja de acordo com o esporte, é importante. Há modelos exclusivamente pro corpo feminino. O toque a mais fica por conta de uma buzina mais descolada; uma cestinha, e mochilas coloridas pra carregar todos esses acessórios e pertences.

Pesquisando na net sobre acessórios para esportistas, dá saber porque a net é fonte inspiradora e de consumo. A variedade é grande e dá pra gastar economizando. Dá pra optar por sites de compras coletivas, sites de busca por menor preço como o Submarino, (é o mais conhecido) ou Cupom Desconto de grandes marcas. Este último é cada dia mais usado pelos brasileiros, que descobriram poder pagar pelo produto e receber de volta parte do valor pago. Sim, é possível receber de volta e já são vários sites com este sistema. Um exemplo recente chama-se Poup, site que oferece Cupom Desconto para produtos Nike Store, Netshoes, e lojas do ramo como Centauro e Dafiti Sports. Sem contar lojas de acessórios eletrônicos como os relógios, cronômetros, fones de ouvido e capas pra celulares.

Enfim, o céu é o limite. É só escolher o esporte, entrar na net, buscar os equipamentos e entrar em forma sem perder o charme. Dicas não faltam.