Respirando performance

Hoje na fila do supermercado peguei uma revista de corrida (Runner’s) e li um artigo interessante sobre respiração, onde o autor do artigo Budd Coates, ensina sua técnica de respiração ritmada a corredores que querem fugir de lesões.

Resumindo a reportagem inteira em poucas linhas e com as minhas palavras, a técnica consiste que no início da nossa expiração durante a corrida, não devemos coincidir sempre o mesmo pé tocando ao chão. Por exemplo, quando começamos a soltar o ar, pisar sempre com o pé direito. Explica o pesquisador que ao soltar o ar toda vez que seu pé direito (ou esquerdo) toca o chão, o lado direito (ou esquerdo) do seu corpo vai continuamente sofrer mais com o impacto causado pela corrida. Isso porque, quando você solta o ar, o diafragma e os músculos relacionados a ele relaxam, diminuindo a estabilidade no core (região composta por abdome, lombar e glúteos). Menos estabilidade justo no momento de mais impacto é a combinação perfeita para causar lesões. Logo o problema é aterrisar sempre o mesmo pé no início da expiração, fazendo com que um lado do corpo absorva continuamente a maior parte do impacto, aumentando o desgaste daquele lado e o torno vulnerável a lesões.

A respiração ritmada no caso, coordena a passada com a inspiração e expiração para que você aterrise alternadamente no pé esquerdo e no pé direito no início de cada expiração. Assim, o estresse do impacto causado pela corrida no organismo é dividido igualmente entre os dois lado do corpo.

O pesquisador desenvolveu uma técnica para a cada 5 passos durante a corrida, começar a expiração….
E em corridas mais rápidas, a cada 3 passos….

Eu ainda não testei a técnica. Lógico que não é só isso que vai ajudar a evitar lesões, é necessário um conjunto!!!!!!!!!! E sempre lembrando o quanto é importante se consultar nos médicos especializados em esporte, no cardiologista, assim como o fabiojapa comentou no último post.

Vou começar a treinar a respiração andando amanhã, enquanto estiver indo trabalhar, pra depois a noite quando for correr tentar também sincronizar!

Fonte: Revista Runner’s – maio/2013

Run2B…..air

Vida corrida + corrida (ataque de bronquite no meio)

A vida não é mole mesmo!

Depois de voltar do trabalho e sair para um treininho de corrida, chegar em casa e levar o cachorrinho pra passear e ainda ter que fazer janta e lavar roupa quase meia-noite! Pois é! A vida não é fácil…a gente tem que arrumar um tempinho pra fazer o que a gente gosta também!

Ainda bem que não acordei cedo para ir pra academia fazer musculação, senão eu confesso que não estaria tão no pique até essas horas!

Hoje fiz um treino um pouco maior que costumo fazer, que são de 10k. E foi bem gostoso!

Se tem uma coisa que preciso treinar muito ainda é a respiração…dependendo do ritmo que eu alcanço fica difícil respirar, as vezes ataca a bronquite….e hoje foi um dia desses…..quando cheguei no 9km resolvi dar uma acelerada até o 10….mas depois de 600 metros começou a faltar o ar, o corpo ficar frio e o peito começou a chiar….vi que era hora de reduzir a velocidade. E depois que reduzi, o ar voltou, tanto que acabei fazendo mais 1.35 km de presente! kkk

A gente nunca pode esquecer da respiração no meio da corrida, não sei se isso acontece com todo mundo ou com a maioria das pessoas, mas chega uma hora que simplesmente esqueço de respirar! Acho que quando começo a ficar cansada….fico com preguiça de puxar ar, não sei!

Então não podemos esquecer de treinar nossa respiração…

Sport
Running
Start Time
Apr 23, 2012 9:17 PM
Distance
11.35 km
Duration
1h:04m:16s
Avg Speed
5:40 min/km
Max Speed
3:58 min/km
Calories
637 kcal
Altitude
709 m / 779 m
Elevation
350 m ↑ / 362 m ↓