Treino Morro da Palha – Campo Magro-PR

Hoje foi dia de treino, ou melhor, hoje foi dia de morro rsrs

Fui à convite de um colega do Grupo de Corrida de Montanha Curitiba do Facebook, para conhecer esse caminho e valeu à pena.

Às 4:50 da madruga eu já estava acordando e arrumei tudo para a corrida. Busquei meu colega as 6hs próximo à casa dele e rumamos para Campo Magro. Chegando em Campo Magro, entramos pela estrada de terra do turismo rural e seguimos por ali até perto da base do Morro da Palha.

Deixamos o carro dentro do Restaurante Casarão. Eles estavam arrumando o restaurante e viram que eu estava estacionando o carro na rua, e ofereceram o estacionamento deles para eu deixar meu carro. Achei muito legal da parte deles, porque ainda era 7hs da manhã e abriram o estacionamento por nossa causa rsrs. Desse modo, fica a indicação: http://ocasaraocampomagro.com.br/

Por ali fizemos um alongamento e partimos para o Morro da Palha em ritmo de aquecimento. O aquecimento foi pela estrada de terra que levava até o morro, e foi um sobe e desce danado já nessa estrada.

Aì começamos a subida do Morro da Palha, e fui na boa, acompanhando o ritmo do meu colega. Eu estava preocupado, se conseguiria, mas consegui acompanhar sem atrapalhar o treino dele 🙂

Subida é aquele esquema: Corre quando dá, Anda quando precisa, e assim por diante. Não há vergonha em andar neste tipo de terreno, ainda bem né rsrs. A subida foi por uma estrada de terra que só alguns carros 4×4 se arriscam. Deu pra perceber que para os carros é difícil, então imagine a dificuldade a pé… Mas até que foi na boa, alternando corrida e caminhada, quando percebi, já estavamos no cume do morro. O GPS marcou 5.5Km em 39’30”, e o legal foi perceber que cheguei lá em cima com uma sobra boa.

Ficamos ali em cima um pouco conversando e logo partimos para a descida, e fomos em ritmo moderado cuidando com as pedras soltas e poupando as pernas para a próxima prova que iremos fazer dia 01/12, mas depois falo sobre ela em outro post.

Chegando na base, nos enfiamos em uma trilha single-track, alongando um pouco nosso treino por um trecho mais técnico de sobe e desce. É muito bom para treinar os reflexos e se adaptar a este tipo de terreno.

Chegando de volta ao restaurante, o GPS marcou 13.4Km em 1:45′, e para relaxar os músculos partimos para um banho na cachoeira da professorinha, que fica à uns 200m do restaurante. A água estava um gelo e teve um efeito anti-inflamatório nos músculos rsrs. Se tivessemos mais tempo, teríamos partido para um segundo trecho de corrida rsrs, mas fica para a próxima.

É isso aí galera, o foco de 2014 é a montanha, mas já estou aí na batalha. Depois tenho que contar a prova que tenho em mente, e vai ser loucura da minha parte rsrs

Anúncios

K21 Series Curitiba

Não resisti. Li muita gente falando bem de corridas em montanha e trilhas e fazia um tempo que estava curioso. A oportunidade pintou:
03/03/2013
http://bombinhasrunners.com.br/k21curitiba/

Minha assessoria me incentivou também e isso me animou também.
Muda um pouco a planilha de treinos,  pois agora rola um volume maior ao invés do foco na velocidade que eu estava tendo.
Dia 16/02 vai rolar uma clinica de corrida em montanha em São Luis do Purunã. Vou participar para ver se aprendo…rs
http://www.naventura.com.br/OuP/Cal.htm

Já até escolhi o tênis: Salomon XR Crossmax

image

Olha um review legal
http://www.trailrunningbrasil.com/2012/09/review-salomon-xr-crossmax-neutral.html

Ontem já estreei por 7k na grama. Aprovado já.

É isso aí…desafio novo logo no começo de ano.

Run2b…proud